sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Novela Brasileira - Episódio 1

EPISÓDIO 1 – A VIOLAÇÃO DE JENNIFER
Jennifer é uma rapariga de 16 anos, que se pode dizer que teve uma infância e um inicio de adolescência “feliz”. Só lamenta ser coxa devido a uma queda que deu quando tinha 5 anos, ter joanetes, ter um dente podre por causa dos doces e a dramática situação que ocorreu quando ela tinha 7 anos. Jennifer foi violada pela vovó.
Mas ela perdoou-a. Jennifer vive com sua avó desde pequenininha, pois os seus pais são emigrantes na China: seu papai anda sempre com paus na boca( não é veado mas sim domador de fogo), e sua mamãe anda sempre nas rotundas e cruzamentos a fazer sinais aos carros (por mais que se pense…. Ela não é prostituta mas polícia sinaleiro!). Apesar disso Jennifer também sabe que aquilo nunca teria acontecido se sua avó tivesse uma casa decente, e se não fosse surda e vesga que nem um lençol (sim porque elas não tinham porta em casa!)
Ela ainda se lembra de um dia chegar a casa, de ver a sua avó a ver um filme porno na sala, e aproximar-se a cozinha e ver o cano do lava loiça a deitar água… Jennifer chega perto dele, e ajoelha-se, ficando de cu pró ar e grita:
- Vó, a água do cano tá saindo, apanhe algo pra tapar!
Mas sua avó percebeu:
- vó, a água do cano tá se vindo, apanhe algo pra enfiar!
Então sua avó foi buscar o seu maior orgulho, aquilo que lhe permite mandar uma talocha ás sua vizinhas e dizer-lhes que KáKá já andou na sua rata: o seu vibrador que tem uma autocolante do jogador káká na ponta.
Ao chegar apressada à cozinha, vó aproxima-se da neta e do cano, e devido à excitação e vesguice, acertou com o vibrador no cu de Jennifer em vez de no cano. Ainda por cima ficou depois a bater palmas… pois Jennifer disse “ AU! PO’AVO!” mas a mouca percebeu “ UAH! BOA’VÓ!”.
A sorte foi que aquilo não foi assim com muuuuuuita força, pois a mulher já era velha. Jennifer só ficou com umas dores e andar à cowboy durante uns dias…. Mas a experiência foi de tal forma traumatizante que passou a usar cueca de ferro, embora agora ainda use ferro pra se proteger, já em no formato fio dental!
Toda a gente ficou solidária com Jennifer. Passados cerca de 9 anos do incidente, Karla, a lojista da sexshop e também a sua melhor amiga, ainda defende a sua opinião:
- Ei, Jennifer que azar, né? Com tanto gajo gostosão por aí, você foi logo violada pelo vibrador de sua vó! Eu hein, que diacho!
Mas apesar de tudo Jennifer e sua vovó sempre foram e ainda são grandes amigas!! Até é a sua avó que lhe mete óleo na dobradiças dos dental de ferro dela!!!!
Fim
NÃO PERCA O EPISO’DIO 2 – “ COM NEGRÃO RESOLVEMOS A SITUAÇÃO”

4 comentários:

  1. LOOOOOL
    parti-me a rir xD

    ResponderEliminar
  2. Bem , grande loool!!
    Isso é muito deprimente, com tanto gajo bom...

    ResponderEliminar
  3. OH MEU DEUS !
    SÓ TU !!Não perco o próximo NÃO =D

    ResponderEliminar

Comentar aumenta a esperança média de vida. QUERES MORRER NOVO?